Biologia em pauta

Bióloga do Mato Grosso ganha prêmio internacional

herbario

A Bióloga Célia Regina Araújo Soares Lopes, professora do curso de Ciências Biológicas da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e curadora do Herbário da Amazônia Meridional (Herbam), vinculado ao campus de Alta Floresta da universidade, recebeu em abril o prêmio IAPT Small Collections Grant 2020.

A International Association for Plant Taxonomy (IAPT) é uma organização dedicada a ampliar a compreensão sobre a biodiversidade vegetal e a supervisionar a nomenclatura de plantas, algas e fungos.

O Small Collections Grant, que está em sua segunda edição, é um prêmio para coleções botânicas (herbários), tais como o Herbam. Os candidatos submetem um projeto de estabelecimento e/ou manutenção de um herbário à IAPT. Nesta edição, foram 45 candidaturas e 10 laureados, entre eles o projeto de Célia Lopes, que é a primeira brasileira a ser premiada. O valor do prêmio é de US$ 2.000, que devem ser gastos no desenvolvimento do projeto proposto.

O projeto de Célia Lopes prevê a digitalização do arquivo do Herbam, que contém mais de 26 mil espécimes. Com a digitalização, a coleção do Herbam ficará acessível para pessoas em todo o Brasil e exterior, aumentando significativamente sua visibilidade.

Para conhecer os outros projetos vencedores, consulte a página da IAPT.

(Publicado em 06 de maio de 2021)

CRBio Digital

Serviços Online

Transparência

Anuncie