Biologia em pauta

Dia Mundial do Solo

solo
Biodiversidade do solo é tema de campanha mundial

No Dia Mundial do Solo (WSD), 5 de dezembro, a ONU celebra a importância dos solos saudáveis e organiza campanhas mudiais de conscientização. O tema da campanha de 2020 é “Mantenha o solo vivo, proteja a biodiversidade do solo”.

Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o solo abriga mais de um quarto da biodiversidade do planeta. Bactérias, fungos, milípedes, colêmbolos, formigas, cupins, minhocas e muitos outros membros da fauna do solo são responsáveis por processos críticos do ecossistema que impactam os seres humanos, como o suporte ao crescimento das plantas, o armazenamento de carbono e a possibilidade de um vasto reservatório de produtos farmacêuticos.

Lúcia Anjos, professora da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e presidente da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo (SBCS), alerta para as principais ameaças à saúde e biodiversidade dos solos.

A erosão hídrica representa uma das mais significativas causas da degradação dos solos. De acordo com a FAO, o equivalente a um campo de futebol é erodido a cada cinco segundos no mundo.

A compactação, que afeta a porosidade do solo, é outra ameaça. Esse processo acontece em áreas rurais – por exemplo, com a pressão exercida por tratores e outras máquinas sobre o solo – e em áreas urbanas, como na pavimentação das ruas e a cimentação de espaços públicos.

Na agricultura, o uso excessivo de pesticidas e herbicidas e o manejo inadequado dos solos também levam ao desequilíbrio na população de organismos no solo.

Outro fator de destruição da biodiversidade no solo são as queimadas, alerta Lúcia Anjos, que destaca a gravidade dos incêndios na Amazônia e no Pantanal.

“A proteção da biodiversidade não deve se limitar ao que está visível acima do solo. É necessário incluir a biodiversidade do solo na preocupação dos estudos da Biologia como um todo”, ressalta Lúcia Anjos. “O Biólogo tem papel fundamental na preservação da biodiversidade dos solos”.

(Publicado em 05 de dezembro de 2020)

CRBio Digital

Serviços Online

Transparência

Anuncie