Biologia em pauta

A atuação do Instituto Adolfo Lutz no enfrentamento à pandemia da Covid-19

coronavirus

O Instituto Adolfo Lutz (IAL), Laboratório Central de Saúde Pública do Estado de São Paulo, divulgou ontem comunicado oficial sobre como tem sido o desenvolvimento das análises laboratoriais para a detecção do novo coronavírus no Estado.

Com um apanhado dos dados do Instituto, que vem atuando desde o início de fevereiro deste ano no combate à pandemia - quando da liberação dos primeiros resultados do Brasil -, o documento revela que a entrada de amostras era de em torno de 400 ao dia em meados de março, mas que, entre os dias 19 e 29 de março, sofreu um aumento de escala geométrica, chegando a um pico diário de quase 2.500 amostras por dia.

Acesse a nota completa clicando aqui.

Com informações do Instituto Adolfo Lutz

CRBio Digital

Serviços Online

Transparência

Anuncie