Biologia em pauta

Anti-inflamatório desenvolvido em fórmula injetável aumenta eficácia e tempo de ação do medicamento

A inovação, objeto de artigo publicado na revista Scientific Reports, envolve nanopartículas lipídicas contendo uma alta concentração do princípio ativo, que é liberado aos poucos dentro da articulação afetada, mantendo o efeito por até 10 dias, mesmo sem reaplicações.

Eneida de Paula, professora do Instituto de Biologia da Unicamp e autora do artigo explica: “A maior eficiência do fármaco na articulação inflamada se deve, sobretudo, a duas estratégias: ao fato de as nanocápsulas lipídicas liberarem aos poucos o naproxeno na região afetada e à administração injetável [não oral] do fármaco. Conseguimos inserir 99,8% do naproxeno dentro das nanocápsulas lipídicas”.

Saiba mais aqui

Com informações da Agência FAPESP.

CRBio Digital

Área do Biólogo

Transparência

Anuncie