Biologia em pauta

Biodiversidade do planeta está diminuindo de forma alarmante

28 de outubro de 2016 – O relatório The Living Planet Report 2016 divulgado a cada dois anos pela Zoological Society of London (ZSL) e pela organização ambiental WWF (World Wide Found for Nature), aponta que a biodiversidade do planeta vem diminuindo em um ritmo alarmante, colocando em risco a sobrevivência das espécies e do próprio ser humano.


A análise estudou 3,7 mil espécies de aves, peixes, mamíferos, anfíbios e répteis, que representam 6% do número total de vertebrados existentes no mundo. O estudo que foi divulgado em 2014 calculava que a população de animais selvagens diminuiria 50% em 40 anos, já a estimativa para esse ano é que haverá uma diminuição de 58% para o mesmo período.


As principais causas dessa redução são as ações diretas do homem, como a destruição de habitats, o tráfico de animais silvestres, poluição e mudança climática. A pesquisa ainda alerta para mudanças imediatas na maneira como é explorado as fontes de energia e alimentos do planeta, além de pedir proteção da biodiversidade e apoio a modelos de desenvolvimento sustentável.


Os pesquisadores concluíram que os vertebrados estão diminuindo a uma taxa de 2% ao ano e, se nada for feito, até o fim da década essas populações vão sofrer uma redução de 67% (em relação aos níveis de 1970).




Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada, Assessoria de Imprensa do CRBio-01

CRBio Digital

Área do Biólogo

Transparência

Anuncie